Skip to content
Segurança Eletrônica: o que é e como funciona?

Antes de existir o termo segurança eletrônica, a polícia de Nova Iorque – Estados Unidos, utilizou a primeira câmera de segurança em 1965. Naquela época, a tecnologia era rudimentar e não existia armazenamento de imagens.  

De 1965 até os dias atuais, muita coisa mudou e a segurança eletrônica tornou-se indispensável para a área comercial e residencial. 

O que é segurança eletrônica? 

A segurança eletrônica utiliza a tecnologia para oferecer aos clientes um ambiente seguro para o patrimônio e pessoas a partir do uso de câmeras, sistemas e softwares. Além das inovações, a mão de obra qualificada também é essencial. 

Como funciona a segurança eletrônica? 

As câmeras de segurança são lembradas sempre que se toca no termo “segurança eletrônica”. Mas o serviço vai muito além, incluindo novas tecnologias de portaria remota, reconhecimento facial, alarmes e monitoramento. 

Outra inovação é o Circuito Fechado de TV (CFTV) – em que é utilizado um monitoramento 24 horas através de câmeras distribuídas na área interna e externa de determinado local. O monitoramento é remoto e pode interceptar ações suspeitas. 

Resumidamente, a segurança eletrônica é a utilização de tecnologias para evitar danos para bens patrimoniais e pessoais. 

Quem precisa investir em segurança eletrônica?

O investimento em segurança eletrônica é a garantia de um local mais protegido – tanto em bens patrimoniais e também para evitar ações que coloquem em risco a integridade física. 

O sistema de segurança eletrônica pode ser utilizado em lojas de varejos, bancos, hospitais, escolas, universidades e também em áreas residenciais. 

É importante ficar claro que são utilizadas ações específicas para cada local, garantindo assim um ambiente seguro de acordo com as especificidades. 

Segurança eletrônica integrada 

Para a execução de um serviço de segurança privada ainda mais eficiente, é crucial fazer a mescla de vigilância, monitoramento e segurança eletrônica. Nesta categoria, serão utilizados vigilantes treinados e uma ação tática para anular qualquer dano. 

O futuro da segurança eletrônica 

A tecnologia deu um “boom” no século XXI e isso proporciona uma evolução sistemática em todos os setores. Hoje já existe a tecnologia de reconhecimento facial, biometria e a realidade é que a segurança eletrônica vai evoluir muito nos próximos anos. 

Partner Security e Segurança Eletrônica 

A Partner Security trabalha com duas frentes: inovação tecnológica e qualificação humana. Isso permite que a empresa traga para o seu cliente um atendimento diferenciado e inovador.

Conheça o trabalho da Partner e mude o seu conceito sobre segurança. 

Categorias

Pesquisar